• +55 19 3305-1953
  • helpbr@helpbr.com.br

Exibindo Resultados de:

Matéria sobre investimento no parque tecnológico

Crise econômica: o desafio da gestão de TI

Postado em: 11 de outubro de 2016 – Por: Infolink

gestao-de-ti.jpgA evolução da tecnologia trouxe uma série de benefícios para as empresas, tornando seus processos mais rápidos, facilitando a comunicação, a conectividade e mobilidade de seus gestores e funcionários.

Por outro lado, mais serviços de TI significam uma maior complexidade no gerenciamento de todos estes recursos. As ameaças virtuais se multiplicaram e a dependência de um negócio sobre a tecnologia deixou de ser somente na espera operacional, e passou a existir, também, nos níveis tático e estratégico da organização.

Esta complexidade na gestão de TI é ainda mais agravada em tempos de crise econômica, quando os recursos estão escassos e as empresas precisam reavaliar suas prioridades.

Desafios da gestão de TI

Uma boa gestão de TI significa manter os recursos computacionais de uma empresa sempre estáveis, seguros, disponíveis e com um bom desempenho, suprindo todas as necessidades de um negócio e servindo como apoio para as decisões estratégicas de seus administradores.

Para garantir esta segurança, desempenho e disponibilidade, gestores de TI enfrentam diversos desafios diariamente. Vamos ver, a seguir, quais são eles.

#1 Proteger o ambiente de TI contra ameaças

Um estudo da empresa Fortinet, uma das líderes globais em soluções de segurança em TI, registrou mais de 32 milhões de ataques a redes corporativas entre outubro de 2015 e fevereiro de 2016, ou seja, um período de somente 5 meses.

Dados como este demonstram o porquê a segurança em TI é sempre uma das maiores preocupações de CIOs e líderes do setor, pois a falta de cuidados pode acarretar em sérios prejuízos para um negócio, como a perda de informações, vazamento de dados confidenciais ou até mesmo a falta de disponibilidade dos serviços.

#2 Aplicar o orçamento da TI corretamente

Muitas empresas costumam limitar o orçamento destinado ao setor de TI de acordo com o faturamento anual previsto, ou com o do ano anterior. Isto significa que os recursos são limitados, e, normalmente, escassos.

Desta forma, muitos gestores precisam escolher corretamente onde aplicar o orçamento, para que consigam alinhar o investimento em novas tecnologias com a manutenção do parque atual, que costuma consumir boa parte dos recursos.

#3 Manter a TI alinhada com as necessidades do negócio

Cada vez mais a TI ganha espaço nas estratégias do negócio, por isso, seu planejamento deve estar completamente alinhado com a governança corporativa.

É preciso que a TI conheça as metas e desafios da organização, para que suas ações e investimentos sejam direcionados em atingir os mesmos objetivos.

#4 Manter a TI atualizada de acordo com as novas tendências

Com frequência, somos surpreendidos com novidades e novas tendências que vão tomando conta do setor de TI, como Cloud Computing, BYOD e Big Data.

É preciso manter o ambiente de uma empresa atualizado de acordo estas novas tendências, pois empresas que não se mantêm em dia tendem a perder competitividade ou realizar investimentos em tecnologias ultrapassadas, perdendo dinheiro e desperdiçando recursos.

#5 Alinhar novas tecnologias com o legado da empresa

Novas tecnologias são sempre bem-vindas, mas o atual legado de uma empresa não pode ser simplesmente descartado de um dia para o outro.

Uma organização possui uma série de equipamentos, sistemas e até mesmo usuários que rodam soluções antigas, mas que possuem informações e conhecimentos fundamentais para o dia a dia do negócio.

Alinhar estes serviços com as novas tecnologias é fundamental para manter a harmonia entre os sistemas, usuários e garantir o crescimento da empresa.

Como a crise afeta a gestão da TI?

Bom, todos os desafios citados são comuns em qualquer empresa e em qualquer ambiente de TI, independentemente da situação econômica do país e da organização. Mas como a crise afeta ainda mais estes desafios?

Vamos analisar. Uma das primeiras ações que uma empresa toma quando se encontra em uma situação econômica de alerta é cortar alguns investimentos, e a TI costumar ser um dos setores a sofrerem este corte.

Com menos recursos, os investimentos devem ser ainda mais controlados, e em alguns casos, até mesmo a manutenção da estrutura atual pode ser comprometida. Por isso, os gestores precisam analisar com muito cuidado as prioridades entre manutenção e ampliação do ambiente.

O maior problema é que algumas dificuldades continuam evoluindo, como as ameaças virtuais, que aumentam a cada dia e com maior complexidade. Por isso, a TI precisa sempre receber um cuidado especial para não comprometer o andamento do negócio.

FONTE: http://blog.infolink.com.br/crise-economica-o-desafio-da-gestao-de-ti/

Br-Help © 2016 - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Agência Virtude